ATENÇÃO

Este Blog é 100% de cunho Social. A atividade artesanal constitui importante fonte complementar de renda para população. Por esse motivo semanalmente pesquiso e repasso programas e matérias relacionados ao assunto. Quem ajuda um Brasileiro é o outro Brasileiro e a Maior Riqueza do Brasil é o Brasileiro! MÃOS A OBRA!

sábado, 19 de fevereiro de 2011

Videos Aulas de Batik

Uma enorme variedade de tecidos poderá ser pintada com as tintas para seda.
Sedas de todos os tipos, crepes, voal, mousseline, algodão, lycra, veludos, cetim, lãs em metro, novelos de lãs, fitas etc...
Com exceção dos veludos, todos os tecidos devem ser pré-lavados para a retirada da goma do fabricante.
As tintas
Próprias para seda, chamadas de Aquarelas para Seda, tanto nacionais como as importadas são excelentes.
Por secarem bem rápido, é  aconselhável pintar em local sem vento, pois a tinta manchará.

Tintas com fixação a ferro:
Após o tecido pintado e seco, passe o tecido na temperatura de seda,  colocando um pano limpo e seco sobre a pintura, para evitar queimar o tecido.
Tintas com fixação á vapor:
Essas tintas são usadas somente em seda 100% pura. A fixação é feita em um aparelho próprio, chamado estufa ou steamer. Pode ser elétrico ou em banho maria, por algumas horas. Dependendo do tamanho do tecido a ser fixado.
Fixação 72 horas:
As tintas que fixam em 72 horas, não precisam nem passar a ferro,  nem usar a estufa, secam com o tempo. O tempo deverá ser respeitado, conforme indicação dos rótulos das tintas utilizadas, caso contrário, a pintura desbotará.
Os pincéis.
Devem ser macios e de ótima qualidade.
Os ideais para a pintura em seda,  são os arredondados de várias espessuras e tamanhos.
Uma excelente opção são os pincéis chineses, com cabo de bambu, muito macios com absorção de tinta superior a qualquer outro, sendo ideais para pintura em grandes áreas de tecido. A vantagem deste pincel, é que, dependendo de como o posiciona no tecido, ele faz tanto traços finos como grossos.
Há também os de espuma, chamados de pincéis mousse. São utilizados para médias e grandes áreas.
Os pincéis mousse, são excelentes para todos os tipos de pintura, e muito baratos. Recomendo!
Pincéis chatos também serão úteis. Devemos ter alguns de várias larguras.

Experimente todos os tipos de pincéis sugeridos. Desse modo voce descobrirá qual será o mais adequado para cada tipo de pintura.
Guttas:
Sua consistência lembra a antiga goma arábica, quase transparente quando seca. Somente deve ser usada em tecidos finos para que sua penetração seja completa, evitando que a tinta vaze para fora dos traços da gutta.
Deve-se trabalhar em local com ótima iluminação, sem vento.
Sua função é isolar áreas a serem pintadas, para que a tinta não escorra no tecido.
As guttas fazem papel muito importante na pintura. Devemos treinar bem seus traços, até que estejam regulares e sem interrupções, pois isso causará danos no tecido pintado.
Exercite o uso da gutta em um tecido. Coloque o mesmo contra a luz e veja se não existem falhas por onde a tinta possa passar. Faça muitos desses traços até sentir-se segura para iniciar um trabalho. Nesse tecido que treinou, não use tinta ainda, ele poderá ser lavado e novamente ser utilizado para os treinos.
Aqui alguns erros que podem danificar qualquer pintura.
Nas figuras abaixo, notamos: guttas interrompidas, borradas, grossas demais ou finas demais. Todas as guttas, devem atravessar o tecido, portanto não deixe os traços superficiais.Pois a tinta vazará para fora dos traços de gutta.
Outro erro aqui, é o tecido mal esticado, isso torna impossível os traços de gutta sairem uniformes.

Tipos de guttas:
Gutta incolor à base de água: sem cheiro, seca em algumas horas. Pronta para uso. Espere secar totalmente antes de iniciar a pintura.
Gutta à base de varsol: incolor, com cheiro forte. Trabalhe em local ventilado, o cheiro desaparecerá depois de seca. Ótima para isolar áreas em tecidos finos ou mais grossos, como por exemplo: cetim, viscose, algodão.
Gutta metálica à base de varsol: Ótimo isolamento para pintura, ou para detalhes.
Guttas coloridas à base de água não são adequadas para isolar áreas de pintura, mas para detalhes após a pintura seca.
Utilizamos essas guttas para fazer detalhes ap´ss a pintura pronta, como nervuras de folhas, pistilos, arabescos etc...
Porém, com prática, poderá até isolar áreas com ela, mas sempre colocando pouca tinta no pincel e bem no meio do desenho, deixando que a tinta se encarregue de chegar até a linha da gutta, caso contrário, com excesso de tinta no pincel, ocorrerá vazamento da tinta.
Exemplo:
Pouca tinta no pincél:
Pintura correta com pouca tinta no pincel:


Muita tinta no pincel:

Note que em quase todas as técnicas, poderá fazer uso de diversos materias, é só treinar um pouco que estará apta a ser uma grande  pintora de seda.
Pode-se ainda trabalhar com as guttas usando pincéis.
O efeito será sem duvida muito bonito.
Tente, faça suas experiências.
As guttas metálicas ou coloridas, após serem fixadas a ferro, não sairão mais. Poderá colorir uma gutta branca com algumas gotas de tinta de sua preferencia. Fazendo assim seus próprios tons de gutta.
Ou ainda poderá usar espessante. Pingue algumas gotas de tinta, deixe em ponto de mel, e coloque no frasco aplicador.

Exemplos de Gutta incolor:




Exemplo de Gutta metálica:


Exemplo de Gutta colorida roxa(nas nervuras) e incolor nos contornos:



Antes de lavar qualquer trabalho com gutta, passe a ferro, por aproximadamente 5 minutos.
Frasco aplicador e bicos de metal.
As ponteiras de metal são uteis para os traços de gutta. Podem ser de espessura fina ou grossa, dependendo do trabalho a ser executado.
Podemos usar ponteiras de lapiseiras para esse fim.

Exemplo:



Os frascos aplicadores, devem ser bem macios, assim não causarão dores nas mãos quando precisarmos fazer muitos traços com a gutta.
Bastidores
Peça muito importante para a pintura em seda.
Podem ser de vários tipos e tamanhos, fixos ou reguláveis, ou ainda feito por um marceneiro nas medidas de sua preferencia.
O bastidor nunca deverá ser menor que o tecido, e sim do mesmo tamanho ou maior.
A madeira deve ser macia para facilitar a entrada dos percevejos ou tachinhas, quando prender o tecido ao bastidor.
Bastidor bem maior que o tecido:

Bastidor do tamanho do tecido:



Tachinhas, percevejos ganchinhos.
Existem vários tipos de fixação:


Tachinhas de tres pontas, clips de papel, percevejos e elásticos, nos auxiliarão para fixarmos os  tecidos  no bastidor
Materiais auxiliares importantes para a pintura de seda:
  • Pincéis de cerdas de diversos tipos e larguras
  • Pincéis mousse várias larguras
  • Rolinhos de espuma
  • Esponja
  • Conta-gotas
  • Spray ou borrifador
  • Clareador para tintas
  • Gel para marmorizar
  • Espessante
  • Descolorante
  • Devorante (para cetim e veludo)
  • Elásticos
  • Linha resistente
  • Tubo de pvc com: 0,80cms de comprimento por 0,33 cms de diametro
  • Sal grosso
  • Sal de cozinha
  • Açucar cristal
  • Alcool
  • Cera de abelha
  • Parafina
  • Secador de cabelo
  • Caneta fantasma
  • Caneta para assinar os trabalhos na seda(caneta com tinta que não sai depois de lavado).

Batik  com Prabatik Guarany  

video
Por Lala Andreotti



Batik no Bastidor

video

Batik Com Estampa Metal







video

 

Um comentário:

  1. seu blog é ótimo. As informações são claras e com excelente explicação. Vale a pena pesquisar aqui. Um Abraço

    ResponderExcluir